Folha Oeste




Câmara aprova texto-base de MP com nova regra de trabalho aos domingos

14/08/2019

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou por 345 votos a 76 (e uma abstenção) a Medida Provisória da Liberdade Econômica, MP nº 881, no fim da noite desta terça-feira (13/08/2019). Como o relator da proposta, Jerônimo Goergen (PP-RS), alterou o relatório que foi aprovado na comissão especial, o que os deputados aprovaram foi uma emenda aglutinativa do texto. A oposição apresentou requerimentos para obstruir a votação, mas, diante de um acordo firmado com congressistas governistas, a pauta foi acatada pela maioria. Durante a sessão, o relator e integrantes da equipe econômica negociaram com os parlamentares pontos que ainda geravam polêmica, sobretudo aqueles que abordavam questões trabalhistas. Na nova redação, o relator tentou retirar esses trechos para facilitar a tramitação. A MP da Liberdade Econômica, apresentada pelo governo em junho de 2019, visa facilitar negócios, reduzir a burocracia e promover a abertura de mercado. No texto, são alteradas leis do Código Civil e da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Mais cedo, antes de participar da reunião de líderes para chegar a um entendimento, Goergen estava reunido com integrante da Economia para chegar a um acordo acerca do conteúdo. A MP, que nos bastidores é chamada de “minirreforma trabalhista”, chegou ao plenário com 22 artigos. Para a sessão desta quarta-feira (14/08/2019), o plenário analisará os destaques apresentados à PEC. Até o momento, foram protocoladas 41 emendas que visam alterar o teor da emenda aglutinativa aprovada. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), quer concluir a votação na quarta e enviar o texto o mais rapidamente ao Senado Federal. Isso porque o prazo da MP se encerra no próximo 27 de agosto. Principais pontos As principais mudanças são no cálculo de folgas para feriados e domingos, e na legislação trabalhista em relação aos motoboys. Foram mantidos no novo texto, por exemplo, a carteira de trabalho digitalizada e o fim do e-Social. Como o projeto regulamenta o trabalho aos domingos e feriados com pagamento em dobro ou folga, o empregado tem direito a pelo menos uma folga no domingo que, a partir de agora, ocorrerá a cada quatro semanas – no texto anterior era a cada sete semanas. Caminhoneiros de fora As questões relacionadas aos caminhoneiros ficaram de fora da nova matéria. Entre os pontos suprimidos, estão a anistia de multas e o documento único de transporte. Segundo o relator, o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, enviará um projeto de lei com caráter de urgência à Câmara com essas medidas. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) editou o texto em abril, com a intenção de reduzir a burocracia empresarial e, assim, incentivar o livre mercado. O ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou nessa segunda-feira (12/08/2019) que a medida é “o caminho da prosperidade”. Veja alguns pontos que o relator mudou: Nas relações contratuais privadas, prevalecerão o princípio da intervenção mínima e a excepcionalidade da revisão contratual. Somente o patrimônio social da empresa responderá pelas dívidas da empresa individual de responsabilidade limitada, hipótese em que não se confundirá, em qualquer situação, com o patrimônio do titular que a constitui, ressalvados os casos de fraude. A Carteira de Trabalho e Previdência Social será emitida pelo Ministério da Economia preferencialmente em meio eletrônico. Carteira de Trabalho e Previdência Social terá como identificação única do empregado o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). O trabalhador deverá ter acesso às informações da sua Carteira de Trabalho e Previdência Social no prazo de até 48 horas a partir de sua anotação. Será assegurado a todo empregado um repouso semanal remunerado de 24 horas consecutivas, preferencialmente aos domingos. O repouso semanal remunerado deverá coincidir com o domingo pelo menos uma vez no período máximo de quatro semanas. O trabalho aos domingos e nos feriados será remunerado em dobro, salvo se o empregador determinar outro dia de folga compensatória. Fica permitida a utilização de registro de ponto por exceção à jornada regular de trabalho, mediante acordo individual escrito, convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho.

Líder do governo e filho são...

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luis Roberto Barroso de autorizar a operação da Polícia Fede...

19/09/2019 - brasil

TSE pode devastar bancada do P...

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de cassar seis vereadores no Piauí por terem fraudado a cota para can...

19/09/2019 - brasil

Ex-executivo da Odebrecht que ...

A Polícia do Rio investiga a morte do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Henrique Serrano do Prado Valladares, d...

18/09/2019 - brasil

Governo quer fim de reajuste o...

A equipe econômica estuda retirar da Constituição a previsão de que o salário mínimo seja corrigido pela inflaçã...

17/09/2019 - brasil

Caixa inicia nesta sexta pagam...

Os primeiros a receber até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão os valores deposita...

12/09/2019 - brasil

Contra privatização, Correio...

Os funcionários dos Correios decretaram greve sem tempo definido em todo o país. A categoria reivindica, principalment...

11/09/2019 - brasil

Nova CPMF contraria promessas ...

“Só hoje inventaram que o Paulo Guedes (o Paulo Guedes!!!) quer a volta da CPMF“, tuitou Filipe Martins, atualmente...

11/09/2019 - brasil

Se eleição fosse hoje, Hadda...

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (02) indica que, se o segundo turno das eleições presidenciais de 20...

02/09/2019 - brasil

38% reprovam e 29% aprovam o g...

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra os seguintes percentuais de a...

02/09/2019 - brasil

PSB decide expulsar deputado ...

O Diretório Nacional do PSB decidiu nesta sexta-feira (30), por 82 votos a 4, expulsar o deputado federal Átila Lira (...

30/08/2019 - brasil

Governo reduz de R$ 1.040 para...

A proposta de orçamento para o ano de 2020, divulgada nesta sexta-feira (30) pelo Ministério da Economia, prevê aumen...

30/08/2019 - brasil

Trabalho informal avança para...

A queda do desemprego no país, que recuou para 11,8%, vem sendo acompanhada do avanço do trabalho informal, que atingi...

30/08/2019 - brasil

Após STF derrubar condenaçã...

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quarta-feira (28) ao Supremo Tribunal Federal (STF) par...

28/08/2019 - brasil

Vaza Jato: força-tarefa teria...

Integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba teriam ironizado a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, espo...

27/08/2019 - brasil

Pesquisa CNT/MDA: rejeição a...

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é reprovado por 39,5% da população brasileira, revela pesquisa feita pel...

26/08/2019 - brasil

Dólar fecha R$ 4,12, maior pa...

O dólar fechou em forte alta em relação ao real nesta sexta-feira (23), impactado pelo cenário externo arisco e por ...

23/08/2019 - brasil

Senado resiste a nome de Eduar...

Levantamento feito pela reportagem explica a cautela com que o presidente Jair Bolsonaro tem tratado a indicação do fi...

20/08/2019 - brasil

Moro diz que Bolsonaro terá d...

O ministro da Justiça, Sergio Moro, jantou na noite de quarta-feira (14/08/2019) com um grupo de parlamentares, depois ...

15/08/2019 - brasil

Câmara aprova texto-base de M...

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou por 345 votos a 76 (e uma abstenção) a Medida Provisória da Liberdade Ec...

14/08/2019 - brasil

Após críticas, PSL expulsa d...

O deputado federal Alexandre Frota foi expulso do PSL nesta terça-feira (13/08/2019) após reunião do diretório do pa...

13/08/2019 - brasil

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com