Folha Oeste




Contra privatização, Correios decretam greve em todo o país

11/09/2019

Os funcionários dos Correios decretaram greve sem tempo definido em todo o país. A categoria reivindica, principalmente, a privatização da estatal e a redução de salários e benefícios. A decisão de parar surgiu após a estatal rejeitar mediação feita pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) com funcionários. Segundo nota divulgada no site da Federação Interestadual dos Empregados da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Findect), "a decisão foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família". Os trabalhadores exigem que o reajuste salarial de 0,8% seja reconsiderado, assim como a remoção de pais e mães do plano de saúde como dependentes, melhores condições de trabalho e outros benefícios. Segundo Amanda Corcino, presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de Brasília (SINTECT), a empresa quer retirar também vales alimentação e refeição. A categoria é contra a privatização da estatal, que foi incluída no plano de privatizações do governo no mês passado. De acordo com Amanda, a medida afeta os trabalhadores e a população, pois, cidades mais isoladas não vão ter acesso ao serviço postal por não gerarem receita. “Hoje, 324 cidades dão lucro para os Correios, que mantém o serviço em todo o país, mais de 5 mil municípios. É direito da população, está na Constituição. Se não houver o monopólio, as empresas privadas não vão agir da mesma forma.” Em nota divulgada no site dos Correios, o presidente da instituição, Floriano Peixoto Vieira, anunciou que a estatal detém de prejuízo acumulado de quase R$ 3 milhões, resultado da crise econômica do país, da diminuição do envio de cartas, “de gestões temerárias e da corrupção (Postalis)”. Segundo a nota, o Acordo Coletivo 2019/2020, que trata os interesses da estatal e dos funcionários, foi negociado “a princípio, diretamente com os representantes dos trabalhadores e, posteriormente, contando com a mediação do TST.” Segundo o documento, é necessário que sejam realizadas ações emergenciais para saldar o débito acumulado pela empresa e gerar fluxo de caixa. “As propostas de acordo apresentadas pela empresa se fundamentam em estudos elaborados com base no cenário atual, ou seja, considerando as possibilidades financeiras e os altos custos operacionais para manter sua competitividade”, explica o presidente. “É preciso que todos ajam com responsabilidade e engajem seus esforços para que os Correios recuperem as suas finanças e preservem seus valores. Não podemos parar agora.” Presente em 5.570 municípios brasileiros, os Correios possuem o monopólio dos serviços postais de correspondência desde sua fundação, em 1969. Sem utilização de recursos do Tesouro Nacional, a estatal se mantém por meio de renda gerada por atividades próprias e pela oferta de serviços de logística integrada e de correspondente financeiro. São entregues pela empresa mais de 1 milhão de encomendas em todo o país, diariamente.

Líder do governo e filho são...

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luis Roberto Barroso de autorizar a operação da Polícia Fede...

19/09/2019 - brasil

TSE pode devastar bancada do P...

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de cassar seis vereadores no Piauí por terem fraudado a cota para can...

19/09/2019 - brasil

Ex-executivo da Odebrecht que ...

A Polícia do Rio investiga a morte do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Henrique Serrano do Prado Valladares, d...

18/09/2019 - brasil

Governo quer fim de reajuste o...

A equipe econômica estuda retirar da Constituição a previsão de que o salário mínimo seja corrigido pela inflaçã...

17/09/2019 - brasil

Caixa inicia nesta sexta pagam...

Os primeiros a receber até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão os valores deposita...

12/09/2019 - brasil

Contra privatização, Correio...

Os funcionários dos Correios decretaram greve sem tempo definido em todo o país. A categoria reivindica, principalment...

11/09/2019 - brasil

Nova CPMF contraria promessas ...

“Só hoje inventaram que o Paulo Guedes (o Paulo Guedes!!!) quer a volta da CPMF“, tuitou Filipe Martins, atualmente...

11/09/2019 - brasil

Se eleição fosse hoje, Hadda...

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (02) indica que, se o segundo turno das eleições presidenciais de 20...

02/09/2019 - brasil

38% reprovam e 29% aprovam o g...

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra os seguintes percentuais de a...

02/09/2019 - brasil

PSB decide expulsar deputado ...

O Diretório Nacional do PSB decidiu nesta sexta-feira (30), por 82 votos a 4, expulsar o deputado federal Átila Lira (...

30/08/2019 - brasil

Governo reduz de R$ 1.040 para...

A proposta de orçamento para o ano de 2020, divulgada nesta sexta-feira (30) pelo Ministério da Economia, prevê aumen...

30/08/2019 - brasil

Trabalho informal avança para...

A queda do desemprego no país, que recuou para 11,8%, vem sendo acompanhada do avanço do trabalho informal, que atingi...

30/08/2019 - brasil

Após STF derrubar condenaçã...

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quarta-feira (28) ao Supremo Tribunal Federal (STF) par...

28/08/2019 - brasil

Vaza Jato: força-tarefa teria...

Integrantes da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba teriam ironizado a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, espo...

27/08/2019 - brasil

Pesquisa CNT/MDA: rejeição a...

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é reprovado por 39,5% da população brasileira, revela pesquisa feita pel...

26/08/2019 - brasil

Dólar fecha R$ 4,12, maior pa...

O dólar fechou em forte alta em relação ao real nesta sexta-feira (23), impactado pelo cenário externo arisco e por ...

23/08/2019 - brasil

Senado resiste a nome de Eduar...

Levantamento feito pela reportagem explica a cautela com que o presidente Jair Bolsonaro tem tratado a indicação do fi...

20/08/2019 - brasil

Moro diz que Bolsonaro terá d...

O ministro da Justiça, Sergio Moro, jantou na noite de quarta-feira (14/08/2019) com um grupo de parlamentares, depois ...

15/08/2019 - brasil

Câmara aprova texto-base de M...

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou por 345 votos a 76 (e uma abstenção) a Medida Provisória da Liberdade Ec...

14/08/2019 - brasil

Após críticas, PSL expulsa d...

O deputado federal Alexandre Frota foi expulso do PSL nesta terça-feira (13/08/2019) após reunião do diretório do pa...

13/08/2019 - brasil

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com