Folha Oeste




Facebook bloqueia Maduro por divulgar informação falsa sobre a covid-19

29/03/2021

Presidente venezuelano promoveu um remédio que afirma, sem provas, que pode curar o coronavírus. O Facebook congelou temporariamente o perfil de Nicolás Maduro por considerar que o líder chavista publica notícias falsas sobre a covid-19. A medida responde à publicação de um vídeo, em janeiro, em que ele afirma que um suposto remédio é eficaz para combater o coronavírus. É o Carvativir, também chamado de “gotas milagrosas José Gregorio Hernández”, em homenagem a um médico venezuelano do século XIX que em um mês será beatificado pelo Vaticano. Este suposto remédio foi divulgado pelo Governo venezuelano como uma cura da covid-19, incorporado aos tratamentos e distribuído até mesmo a populações vulneráveis como a carcerária. “Foi iniciada uma campanha brutal contra o Carvativir. É um antiviral, ajuda como antiviral a parar, a neutralizar a célula do coronavírus. Dez gotinhas sob a língua a cada quatro horas e o milagre acontece”, disse Nicolás Maduro para defender o produto feito à base de tomilho e que não tem estudos científicos conhecidos que comprovem sua eficácia para a covid-19. “É um remédio natural, estudado e comprovado cientificamente na Venezuela e aprovado e autorizado para seu uso pelas autoridades sanitárias e farmacológicas da Venezuela”. Além de retirar o polêmico vídeo da rede social, o Facebook determinou o fechamento da conta do mandatário porque viola suas políticas sobre notícias falsas. “Seguimos o guia da Organização Mundial da Saúde que diz que atualmente não há medicamentos para curar o vírus”, disse um porta-voz do Facebook à agência Reuters. “Pelas repetidas violações a nossas regras, congelaremos a página durante 30 dias, durante os quais será somente de leitura”. Ou seja, o mandatário e sua equipe não poderão interagir através dessa conta. A medida não se aplica, entretanto, ao Instagram, propriedade do Facebook. As sociedades médicas e científicas vêm alertando sobre o uso do Carvativir feito pelo Governo. A Academia Nacional de Medicina fez questão de afirmar que o composto não tem nenhum aval científico. Maduro, entretanto, ordenou sua distribuição em todo o país e sua comercialização livre em farmácias. Nesta semana as gotas foram aplicadas em presos de uma cadeia lotada na região de Caraballeda, no litoral central do país, como tratamento preventivo. Em um vídeo divulgado pelas redes sociais, um policial informa aos detentos que um médico passará pelas celas com uma colher para dar a eles gotas para prevenir a covid-19. Maduro afirmou que o produto foi desenvolvido no Instituto Venezuelano de Pesquisas Científicas. Mas uma pesquisa do portal investigativo Armando.info revelou que o laboratório que estava por trás do Carvativir não tem experiência anterior na elaboração de fármacos. A empresa que o produz funcionava anteriormente como uma importadora de peças para carros, segundo uma reportagem publicada em janeiro. Não é a primeira vez que uma dessas plataformas bloqueia conteúdos de Maduro. No passado, o mandatário se queixou de que eles e seus aliados foram tratados injustamente pelas empresas que gerem as redes sociais, incluindo o que ele chamou de suspensão arbitrária de contas. Apesar disso, o chavismo se tornou forte no uso dessas plataformas para impulsionar tendências favoráveis ao Governo, divulgar propaganda e organizar campanhas contra a oposição e seus adversários políticos. Nesse caso, nenhum porta-voz do Governo reagiu à penalização do Facebook. No ano passado, no começo da pandemia, o Twitter restringiu a conta oficial da Presidência da Venezuela por suposta atividade incomum e apagou mensagens de Maduro em que ele recomendava outra poção feita de ervas para curar a covid-19. A Venezuela atravessa atualmente uma segunda onda de contágios. De acordo com os números oficiais, são 154.905 casos confirmados e 1.543 mortes por coronavírus, com uma ampla subnotificação atribuída por epidemiologistas à baixa capacidade de diagnóstico das autoridades sanitárias. Fonte: El País

Governo Joe Biden: as polític...

Há um ano, quando Joe Biden recém emergia como o nome do Partido Democrata a enfrentar Donald Trump nas eleições pre...

10/05/2021 - destaque

Bombardeio israelense após la...

A escalada de violência durante o mês do Ramadã em Jerusalém entra nesta segunda-feira em sua jornada de maior tens...

10/05/2021 - destaque

Pelo menos 25 mortos na opera...

A polícia afirma que a operação teve como objetivo impedir a organização criminosa Comando Vermelho de recrutar ado...

06/05/2021 - destaque

Delegacias incendiadas e briga...

Um bairro marginal de Cali, cidade onde mais jovens foram mortos pelas forças de segurança, foi cercado por barricadas...

06/05/2021 - destaque

Argentina congela preço do ox...

Governo alegou que houve alteração nos preços dos produtos; medida visa evitar o tipo de crise enfrentada pela Índia...

03/05/2021 - destaque

Parlamento de El Salvador, de ...

Assembleia, dominada por partido do presidente Bukele, empreendeu neste sábado um golpe ao tribunal numa sessão que ga...

03/05/2021 - destaque

Enquanto mundo mira Índia, "e...

Nos últimos dias, boa parte do mundo desviou sua atenção para a Índia, que desponta como novo epicentro global da pa...

29/04/2021 - destaque

Biden diz que o Governo na ver...

Em seus primeiros 100 dias de mandato, o democrata impulsionou a agenda mais progressista das últimas décadas, num amb...

29/04/2021 - destaque

O que foi o massacre de armên...

O presidente americano, Joe Biden, referiu-se no sábado (24/4) ao massacre de armênios pelo Império Otomano, ocorrido...

26/04/2021 - destaque

Pedro Castillo tem o dobro das...

O professor rural soma 41%, contra 21% da líder direitista. Essa vantagem se dissolve na cidade de Lima. Três pesquis...

26/04/2021 - destaque

"A boiada passou e corre o ris...

A fala do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de que era preciso "aproveitar" a pandemia para "ir passando a boia...

22/04/2021 - destaque

China e os EUA se comprometem ...

Os dois países acertam reforçar o encaminhamento do Acordo de Paris e colaborar para promover o sucesso da cúpula vir...

22/04/2021 - destaque

Irã identifica suspeito por t...

Suspeito do crime seria um homem de 43 anos, identificado pelo Ministério de Inteligência do Irã, segundo TV estatal....

19/04/2021 - destaque

Rússia expulsa 10 diplomatas ...

Moscou não descarta a possibilidade de tomar medidas “dolorosas” contra empresas norte-americanas, mas não fecha a...

19/04/2021 - destaque

"A América perdeu": enquanto ...

Dirigir para o território controlado pelo Taleban não demora muito. A cerca de 30 minutos da cidade de Mazar-e-Sharif,...

15/04/2021 - destaque

O homem que colocou as elites ...

A mil quilômetros de Lima, montado em um cavalo e sob um chapéu de palha de aba larga, um professor de escola rural de...

15/04/2021 - destaque

Eleições no Equador: quem é...

Em sua terceira eleição presidencial, Guillermo Lasso conseguiu ampliar com sucesso sua base de eleitores para além d...

12/04/2021 - destaque

Peru ruma para disputa entre C...

O professor sindicalista vence nas regiões mais pobres contra o voto conservador na capital Lima, segundo pesquisas. O...

12/04/2021 - destaque

Merkel pede a Putin que retire...

O chanceler alemão pede ao Kremlin que desfaça o aumento militar "a fim de desacelerar" a situação no Donbass. A ch...

08/04/2021 - destaque

Estados Unidos e Irã dão o p...

Os Estados Unidos e o Irã deram o primeiro passo nesta terça-feira para salvar o acordo nuclear, que permanecia pratic...

08/04/2021 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com