Folha Oeste




Eleições no Equador: quem é Guillermo Lasso, o banqueiro conservador que derrotou oponente esquer

12/04/2021

Em sua terceira eleição presidencial, Guillermo Lasso conseguiu ampliar com sucesso sua base de eleitores para além da direita tradicional e assim vencer uma disputa acirrada contra a esquerda ligada ao ex-presidente Rafael Correa. No domingo (12/04), ele obteve dianteira de cinco pontos percentuais contra Andrés Arauz, que reconheceu a derrota. "Este é um dia histórico, um dia em que todos os equatorianos decidiram seu futuro, expressaram com seu voto a necessidade de mudança e o desejo de dias melhores para todos", disse Lasso para apoiadores reunidos em Guayaquil na noite de domingo. Durante a campanha, ele havia alertado sobre a complexa missão que o espera. "Vamos receber um país em situação complicada. O governo nacional não tem liquidez, apenas um saldo de US$ 400 milhões na reserva, que cobre só 20% dos gastos mensais do governo", disse ele à BBC News Mundo (serviço da BBC em espanhol) durante a campanha eleitoral. "É também um governo com uma dívida que chega a 63% do Produto Interno Bruto (soma de todas as riquezas produzidas num determinado período), ao qual devemos somar atrasos com municípios, prefeituras, sistemas de seguridade social e com o Banco Central. A dívida chega a US$ 80 bilhões." Ponto-chave para o triunfo do ex-banqueiro e empresário conservador de 65 anos foi o descontentamento em relação ao ex-presidente Rafael Correa, que apoiou Arauz. Muitos destes eleitores não votaram em Lasso no primeiro turno em 7 de fevereiro de 2021 e agora mudaram de ideia. Mas o partido de Lasso, o Movimento Político Criando Oportunidades (Creo), só tem 12 assentos na Assembleia Nacional, além das 19 cadeiras da principal sigla aliada, o Partido Social Cristão. Eles enfrentarão o correísmo com 48 deputados, o que obrigará o novo presidente a fazer concessões que já começaram na campanha. "A cada voto que ele obteve ao ampliar sua plataforma, a governança diminuiu, porque ele passou a distribuir o bolo para muitos que, na hora de governar, vão cobrar seu preço", disse o analista Pedro Donoso à BBC News Mundo. Donoso acrescenta que o anti-correísmo como força política também não é um grupo homogêneo e que Lasso terá que lidar com interesses conflitantes. O presidente eleito é um conhecido banqueiro e empresário equatoriano que participa de diversos conglomerados financeiros. Ele costuma se referir a uma origem familiar humilde que o levou a começar a trabalhar aos 15 anos na Bolsa de Valores de sua cidade, Guayaquil. Assim, ele sempre tenta afastar o rótulo de um banqueiro rico que "não se importa" com os mais pobres. Ele foi subindo rapidamente de posição até se tornar presidente do Banco de Guayaquil por quase 20 anos. No início dos anos 1990, chegou a liderar a Associação de Bancos Privados do Equador. Em agosto de 1999, ele foi nomeado ministro da Economia, mas por causa de divergências com o então presidente Jamil Mahuad sobre a condução da economia do país, renunciou um mês depois. Sob o lema "empreendedorismo, inovação e futuro", Lasso disse na campanha que respeitará o acordo do país com o FMI (Fundo Monetário Internacional), com exceção de um ponto. "Não vamos ignorar o acordo com o Fundo Monetário Internacional. O que não vamos fazer é aumentar o IVA", disse, referindo-se a uma polêmica medida que visa aumentar a arrecadação de impostos em um país que já tem elevados níveis de déficit fiscal e dívida pública. Fonte: BBC

Governo Joe Biden: as polític...

Há um ano, quando Joe Biden recém emergia como o nome do Partido Democrata a enfrentar Donald Trump nas eleições pre...

10/05/2021 - destaque

Bombardeio israelense após la...

A escalada de violência durante o mês do Ramadã em Jerusalém entra nesta segunda-feira em sua jornada de maior tens...

10/05/2021 - destaque

Pelo menos 25 mortos na opera...

A polícia afirma que a operação teve como objetivo impedir a organização criminosa Comando Vermelho de recrutar ado...

06/05/2021 - destaque

Delegacias incendiadas e briga...

Um bairro marginal de Cali, cidade onde mais jovens foram mortos pelas forças de segurança, foi cercado por barricadas...

06/05/2021 - destaque

Argentina congela preço do ox...

Governo alegou que houve alteração nos preços dos produtos; medida visa evitar o tipo de crise enfrentada pela Índia...

03/05/2021 - destaque

Parlamento de El Salvador, de ...

Assembleia, dominada por partido do presidente Bukele, empreendeu neste sábado um golpe ao tribunal numa sessão que ga...

03/05/2021 - destaque

Enquanto mundo mira Índia, "e...

Nos últimos dias, boa parte do mundo desviou sua atenção para a Índia, que desponta como novo epicentro global da pa...

29/04/2021 - destaque

Biden diz que o Governo na ver...

Em seus primeiros 100 dias de mandato, o democrata impulsionou a agenda mais progressista das últimas décadas, num amb...

29/04/2021 - destaque

O que foi o massacre de armên...

O presidente americano, Joe Biden, referiu-se no sábado (24/4) ao massacre de armênios pelo Império Otomano, ocorrido...

26/04/2021 - destaque

Pedro Castillo tem o dobro das...

O professor rural soma 41%, contra 21% da líder direitista. Essa vantagem se dissolve na cidade de Lima. Três pesquis...

26/04/2021 - destaque

"A boiada passou e corre o ris...

A fala do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de que era preciso "aproveitar" a pandemia para "ir passando a boia...

22/04/2021 - destaque

China e os EUA se comprometem ...

Os dois países acertam reforçar o encaminhamento do Acordo de Paris e colaborar para promover o sucesso da cúpula vir...

22/04/2021 - destaque

Irã identifica suspeito por t...

Suspeito do crime seria um homem de 43 anos, identificado pelo Ministério de Inteligência do Irã, segundo TV estatal....

19/04/2021 - destaque

Rússia expulsa 10 diplomatas ...

Moscou não descarta a possibilidade de tomar medidas “dolorosas” contra empresas norte-americanas, mas não fecha a...

19/04/2021 - destaque

"A América perdeu": enquanto ...

Dirigir para o território controlado pelo Taleban não demora muito. A cerca de 30 minutos da cidade de Mazar-e-Sharif,...

15/04/2021 - destaque

O homem que colocou as elites ...

A mil quilômetros de Lima, montado em um cavalo e sob um chapéu de palha de aba larga, um professor de escola rural de...

15/04/2021 - destaque

Eleições no Equador: quem é...

Em sua terceira eleição presidencial, Guillermo Lasso conseguiu ampliar com sucesso sua base de eleitores para além d...

12/04/2021 - destaque

Peru ruma para disputa entre C...

O professor sindicalista vence nas regiões mais pobres contra o voto conservador na capital Lima, segundo pesquisas. O...

12/04/2021 - destaque

Merkel pede a Putin que retire...

O chanceler alemão pede ao Kremlin que desfaça o aumento militar "a fim de desacelerar" a situação no Donbass. A ch...

08/04/2021 - destaque

Estados Unidos e Irã dão o p...

Os Estados Unidos e o Irã deram o primeiro passo nesta terça-feira para salvar o acordo nuclear, que permanecia pratic...

08/04/2021 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com