Folha Oeste




"A América perdeu": enquanto EUA anunciam saída de tropas, Taleban canta vitória no Afeganistão

15/04/2021

Dirigir para o território controlado pelo Taleban não demora muito. A cerca de 30 minutos da cidade de Mazar-e-Sharif, no norte do Afeganistão, passando por grandes crateras deixadas por bombas à beira da estrada, encontramos nosso anfitrião: Haji Hekmat, o responsável pelo grupo extremista no distrito de Balkh. Perfumado e de turbante preto, ele é um veterano, tendo se juntado aos militantes na década de 1990, quando governavam a maior parte do país. O Taleban organizou uma demonstração de força para nós. Alinhados de cada lado da rua vemos homens fortemente armados, um carregando um lançador de granadas, outro um fuzil de assalto M4 capturado das forças americanas. Balkh já foi uma das partes mais estáveis do país; agora se tornou uma das mais violentas. Baryalai, um comandante militar local com uma reputação sangrenta, aponta para a estrada, "as forças do governo estão lá perto do mercado principal, mas não podem deixar suas bases. Este território pertence aos mujahideen". É um quadro semelhante em grande parte do Afeganistão: o governo controla as cidades e os vilarejos maiores, mas o Taleban permanece em seu entorno, com presença em grande parte do interior. Os militantes afirmam sua autoridade por meio de postos de controle esporádicos ao longo de estradas importantes. Enquanto os membros do Taleban param e questionam os carros que passam, Aamir Sahib Ajmal, chefe local do serviço de inteligência do Taleban, nos diz que eles estão procurando pessoas ligadas ao governo. "Vamos prendê-los e levá-los como prisioneiros", diz ele. "Então, nós os entregamos aos nossos tribunais e eles decidem o que acontecerá a seguir." O Taleban diz acreditar que ganhou a guerra. Sentado diante de uma xícara de chá verde, Haji Hekmat proclama: "Vencemos a guerra e a América perdeu". A decisão do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de adiar a retirada das forças americanas remanescentes para setembro, o que significa que permanecerão no país após o prazo final de 1º de maio acordado no ano passado, provocou uma forte reação da liderança política do Taleban. No entanto, o ímpeto parece estar com os militantes. "Estamos prontos para tudo", diz Haji Hekmat. "Estamos totalmente preparados para a paz e totalmente preparados para a jihad (guerra islâmica)." Sentado ao lado dele, um comandante militar acrescenta: "Jihad é um ato de adoração. Adoração é algo de que, por mais que você faça, você não se cansa". No ano passado, houve uma aparente contradição na "jihad" do Taleban. Eles interromperam os ataques às forças internacionais após a assinatura de um acordo com os EUA, mas continuaram a lutar com o governo afegão. Haji Hekmat, porém, insiste que não há contradição. "Queremos um governo islâmico regido pela Sharia (lei islâmica, ou seja, sistema de direito religioso). Continuaremos nossa jihad até que aceitem nossas demandas." Sobre se o Taleban estaria ou não disposto a dividir o poder com outras facções políticas afegãs, Haji Hekmat defende a liderança política do grupo no Qatar. "O que quer que eles decidam, nós aceitaremos", diz ele repetidamente. O Taleban não se vê como um mero grupo rebelde, mas como um governo em compasso de espera. Eles se referem a si mesmos como o "Emirado Islâmico do Afeganistão", o nome que usaram quando estiveram no poder de 1996 até serem derrubados após os ataques de 11 de setembro. Fonte: BBC

Governo Joe Biden: as polític...

Há um ano, quando Joe Biden recém emergia como o nome do Partido Democrata a enfrentar Donald Trump nas eleições pre...

10/05/2021 - destaque

Bombardeio israelense após la...

A escalada de violência durante o mês do Ramadã em Jerusalém entra nesta segunda-feira em sua jornada de maior tens...

10/05/2021 - destaque

Pelo menos 25 mortos na opera...

A polícia afirma que a operação teve como objetivo impedir a organização criminosa Comando Vermelho de recrutar ado...

06/05/2021 - destaque

Delegacias incendiadas e briga...

Um bairro marginal de Cali, cidade onde mais jovens foram mortos pelas forças de segurança, foi cercado por barricadas...

06/05/2021 - destaque

Argentina congela preço do ox...

Governo alegou que houve alteração nos preços dos produtos; medida visa evitar o tipo de crise enfrentada pela Índia...

03/05/2021 - destaque

Parlamento de El Salvador, de ...

Assembleia, dominada por partido do presidente Bukele, empreendeu neste sábado um golpe ao tribunal numa sessão que ga...

03/05/2021 - destaque

Enquanto mundo mira Índia, "e...

Nos últimos dias, boa parte do mundo desviou sua atenção para a Índia, que desponta como novo epicentro global da pa...

29/04/2021 - destaque

Biden diz que o Governo na ver...

Em seus primeiros 100 dias de mandato, o democrata impulsionou a agenda mais progressista das últimas décadas, num amb...

29/04/2021 - destaque

O que foi o massacre de armên...

O presidente americano, Joe Biden, referiu-se no sábado (24/4) ao massacre de armênios pelo Império Otomano, ocorrido...

26/04/2021 - destaque

Pedro Castillo tem o dobro das...

O professor rural soma 41%, contra 21% da líder direitista. Essa vantagem se dissolve na cidade de Lima. Três pesquis...

26/04/2021 - destaque

"A boiada passou e corre o ris...

A fala do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de que era preciso "aproveitar" a pandemia para "ir passando a boia...

22/04/2021 - destaque

China e os EUA se comprometem ...

Os dois países acertam reforçar o encaminhamento do Acordo de Paris e colaborar para promover o sucesso da cúpula vir...

22/04/2021 - destaque

Irã identifica suspeito por t...

Suspeito do crime seria um homem de 43 anos, identificado pelo Ministério de Inteligência do Irã, segundo TV estatal....

19/04/2021 - destaque

Rússia expulsa 10 diplomatas ...

Moscou não descarta a possibilidade de tomar medidas “dolorosas” contra empresas norte-americanas, mas não fecha a...

19/04/2021 - destaque

"A América perdeu": enquanto ...

Dirigir para o território controlado pelo Taleban não demora muito. A cerca de 30 minutos da cidade de Mazar-e-Sharif,...

15/04/2021 - destaque

O homem que colocou as elites ...

A mil quilômetros de Lima, montado em um cavalo e sob um chapéu de palha de aba larga, um professor de escola rural de...

15/04/2021 - destaque

Eleições no Equador: quem é...

Em sua terceira eleição presidencial, Guillermo Lasso conseguiu ampliar com sucesso sua base de eleitores para além d...

12/04/2021 - destaque

Peru ruma para disputa entre C...

O professor sindicalista vence nas regiões mais pobres contra o voto conservador na capital Lima, segundo pesquisas. O...

12/04/2021 - destaque

Merkel pede a Putin que retire...

O chanceler alemão pede ao Kremlin que desfaça o aumento militar "a fim de desacelerar" a situação no Donbass. A ch...

08/04/2021 - destaque

Estados Unidos e Irã dão o p...

Os Estados Unidos e o Irã deram o primeiro passo nesta terça-feira para salvar o acordo nuclear, que permanecia pratic...

08/04/2021 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com