Folha Oeste
testVenezuela prende um grupo de ativistas civis e os acusa de “terrorismo e traição à pátria”




Venezuela prende um grupo de ativistas civis e os acusa de “terrorismo e traição à pátria”

05/07/2021
Compartilhar

ONG Fundaredes denunciou a presença de grupos guerrilheiros colombianos que operam com liberdade nas zonas fronteiriças venezuelanas com a anuência das autoridades chavistas e o Exército. Um tribunal da Venezuela ordenou a prisão preventiva dos irmãos Javier e Rafael Tarazona e de Juan de Dios García, membros da ONG Fundaredes. Esses ativistas da sociedade civil devem ser alvo de processos judiciais por acusações de terrorismo, traição à pátria e instigação ao ódio. Johnny Romero, outro voluntário da organização, foi posto em liberdade pouco depois de receber a imputação. Nos últimos dois anos, a organização Fundaredes se especializou em denunciar a situação política e social na fronteira da Venezuela com a Colômbia. Também fez denúncias específicas em torno das operações políticas da guerrilha colombiana em povoados fronteiriços, como escolas, centros sociais e emissoras de rádio financiadas pela guerrilha, com a anuência dos efetivos e chefes militares venezuelanos, particularmente no Estado andino de Táchira. A Fundaredes fez um trabalho de controladoria e informação durante a operação militar que o Exército venezuelano realizou no município de Páez, no Estado de Apure, também na fronteira colombiana, contra facções dissidentes das FARC. Muitos políticos e ativistas opositores denunciaram que as operações políticas e de captação da guerrilha colombiana vão além das zonas fronteiriças, particularmente nas zonas mineradoras do sul do país, onde abundam relatos sobre a presença de quadros do Exército de Libertação Nacional (ELN) em atividades extrativistas, e que também foram naturalizadas pelo Governo de Nicolás Maduro com seu silêncio sobre o tema. A Administração chavista não se pronunciou sobre a medida contra os membros da Fundaredes. Durante o episódio da investida do Exército venezuelano contra os guerrilheiros em Apure, na qual houve um número indeterminável de baixas e vários militares venezuelanos foram sequestrados temporariamente pelos grupos irregulares, a Fundaredes questionou a opacidade informativa das autoridades e criticou o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, pelo claro descaso e a ausência do Estado venezuelano na proteção da soberania nacional, pondo em dúvida os relatórios oficiais que registravam uma bem-sucedida missão militar na zona. Na sexta-feira passada, um mês e meio depois do episódio de Apure, Javier e Rafael Tarazona, junto com García, se apresentaram ao escritório da Procuradoria Geral da República na cidade de Coro, 600 quilômetros a oeste de Caracas, para denunciar que vinham sendo alvo de monitoramentos, perseguições e ameaças por parte de agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin), a polícia política do chavismo. Ao se apresentarem nesse gabinete, foram detidos e formalmente denunciados, e seu paradeiro é desconhecido —a versão oficial é de que permanecem na penitenciária de La Planta, em Caracas, hoje destinada apenas a presos estrangeiros. Segundo fontes consultadas, Tarazona costumava ir com frequência ao Ministério Público para apresentar denúncias e acompanhar as queixas apresentadas pela Fundaredes às autoridades. Marino Alvarado, diretor da ONG de direitos humanos Provea, também ameaçada no passado pelo regime de Maduro, pediu à alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, que interceda por Javier Tarazona e seus colegas. “Três novos detentos políticos na Venezuela: os integrantes da Fundaredes. Vítimas de um generalizado e sistemático ataque contra a população e da perseguição seletiva às organizações de direitos humanos”, declarou a Provea em nota. Fonte: El País

O novo avanço da esquerda na ...

Um após o outro, diferentes países latino-americanos elegeram governos de esquerda e uma nova onda política parece es...

14/07/2022 - destaque

Turquia liberta navio russo co...

A queixa de Kiev obrigou as autoridades turcas a reter um navio de Berdyansk, em território ucraniano ocupado pela Rús...

07/07/2022 - destaque

Diplomatas russos e americanos...

Embaixador dos EUA afirmou que guerra na Ucrânia é a "maior ameaça à ordem mundial". A guerra na Ucrânia é a “m...

04/07/2022 - destaque

Exclusivo: As chances de um ac...

As chances de reviver o acordo nuclear de 2015 com o Irã são piores após conversas indiretas entre EUA e Irã em Doh...

30/06/2022 - destaque

O G-7 explora limitar o preço...

Os Estados Unidos anunciam o envio de defesa antiaérea de longo alcance para Kyiv. A inquietante evolução da guerra ...

27/06/2022 - destaque

Israel convoca sessão para di...

Uma votação será realizada no parlamento na próxima semana, após a qual Yair Lapid assumirá o cargo de primeiro-mi...

20/06/2022 - destaque

Coreia do Norte relata primeir...

Pelo menos uma pessoa confirmada com COVID-19 morreu na Coreia do Norte e centenas de milhares apresentaram sintomas de...

12/05/2022 - destaque

A OTAN promete à Finlândia u...

O secretário-geral da Aliança Atlântica mostra seu entusiasmo pelo iminente pedido de adesão do país nórdico. A N...

12/05/2022 - destaque

Saratoga Hotel de Cuba: Bombei...

Os bombeiros estão vasculhando os escombros do Saratoga Hotel, na capital cubana, Havana, depois que uma enorme explos...

09/05/2022 - destaque

Macron propõe uma confederaç...

A nova Comunidade Política Europeia articularia a cooperação em segurança e energia. Chanceler Scholz chama a ideia ...

09/05/2022 - destaque

Ministro do Petróleo iraniano...

Líder venezuelano diz que conversas visam aprofundar "laços de fraternidade e cooperação em questões energéticas"...

05/05/2022 - destaque

Rússia intensifica ataques à...

Kiev denuncia que Moscou tenta eliminar os soldados "com o apoio de aviões" e violou um cessar-fogo para a evacuação ...

05/05/2022 - destaque

Rússia ataca siderúrgica de ...

Os ataques foram retomados nas siderúrgicas de Mariupol, apesar de centenas de civis permanecerem presos no interior, d...

02/05/2022 - destaque

Raúl Castro reaparece em um e...

A última aparição pública do ex-presidente de Cuba foi após os protestos de 11 de julho, em um "ato de reafirmaçã...

02/05/2022 - destaque

Secretário-geral da ONU está...

António Guterres deve ter reuniões com presidentes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Volodymyr Zelensky. O secretá...

25/04/2022 - destaque

Os Estados Unidos recuperam su...

Secretários de Estado e Defesa dos EUA encontram Zelensky em uma viagem rápida a Kiev. Washington garante que "apoiar...

25/04/2022 - destaque

Análise: Castillo do Peru end...

O presidente esquerdista do Peru, Pedro Castillo, sinalizou uma postura mais dura nos protestos contra as mineradoras qu...

21/04/2022 - destaque

Rússia proíbe entrada de vic...

Medida se estende para outros norte-americanos, como o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, a vice-secretária de Defe...

21/04/2022 - destaque

Kremlin: adesão de Finlândia...

"Aliança continua sendo uma ferramenta voltada para o confronto e sua expansão não trará estabilidade ao continente ...

18/04/2022 - destaque

Os truques de Kiev e Moscou pa...

Dois vídeos mostram detidos de ambos os lados pedindo aos governos que concordem com uma troca. Nas mãos de um lado da...

18/04/2022 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com