Folha Oeste
testPrimeiro-ministro do Haiti, Claude Joseph, deixará o cargo e passará o poder a um novo Governo




Primeiro-ministro do Haiti, Claude Joseph, deixará o cargo e passará o poder a um novo Governo

19/07/2021
Compartilhar

Ariel Henry, que havia sido nomeado pelo presidente Jovenel Moïse dois dias antes do assassinato, assumirá a liderança do país. O primeiro-ministro Claude Joseph, que dirige o Haiti desde o assassinato do presidente Jovenel Moïse em 7 de julho, renunciará nesta terça-feira e entregará o poder a Ariel Henry, segundo o ministro de Assuntos Eleitorais, Mathias Pierre. Henry tinha sido nomeado primeiro-ministro dois dias antes da morte de Moïse, mas não chegou a tomar posse do cargo. Joseph reassumirá o cargo de ministro das Relações Exteriores e se espera que nesta terça seja anunciado um novo Governo no país. Em abril, o presidente Jovenel Moïse havia nomeado Joseph, até então Ministro das Relações Exteriores, como o homem-chave em seu Gabinete, com o objetivo de conter a onda de sequestros e crimes urbanos. No entanto, o assassinato agravou a situação de incerteza no país. Embora Henry tenha sido oficialmente nomeado, Joseph continuava no cargo como interino. A Constituição estabelece que, em caso de morte do presidente, o Conselho de Ministros, chefiado pelo primeiro-ministro, exerce o poder executivo até a eleição de um novo governante. As eleições presidenciais e legislativas estão convocadas para 26 de setembro. Com o anúncio desta segunda-feira, Henry ficará no poder até que as eleições sejam realizadas. Representantes das Nações Unidas e da Organização dos Estados Americanos (OEA) instaram neste fim de semana Ariel Henry a formar um novo Governo. Em um comunicado, expressaram o desejo de que “todos os atores políticos, econômicos e da sociedade civil do país apoiem plenamente as autoridades” na organização de “eleições livres, justas, transparentes e confiáveis o mais rápido possível” e no restabelecimento da segurança. Henry foi nomeado primeiro-ministro em 5 de julho, mas não chegou a assumir cargo. Após a morte de Moïse, estavam na disputa pelo poder o seu nome, o de Claude Joseph e o de Joseph Lambert, presidente do Senado. Joseph recebeu no sábado Martine Moïse, a viúva do presidente Jovenel Moïse, em seu retorno ao Haiti para o funeral do presidente. A primeira-dama ficou ferida durante o assassinato do marido e estava se recuperando em um hospital da Flórida. Enquanto se coordenam os preparativos para o funeral em 23 de julho, avançam as investigações das autoridades judiciais. Até o momento, 24 ex-militares colombianos foram identificados como autores materiais, dos quais 18 foram capturados pelas autoridades caribenhas, três foram mortos em operações policiais e outros três estão foragidos. As investigações indicam também a participação de membros da empresa CTU Security, dirigida pelo venezuelano Antonio Intriago, que teria recrutado os pistoleiros, e o envolvimento da empresa Worldwide Capital, do equatoriano Walter Veintemilla, na compra dos bilhetes aéreos. Pelo menos dois ex-militares se encontraram com o médico Emmanuel Sanon, detido como suposto instigador do magnicídio, e com o ex-funcionário do Ministério da Justiça do Haiti Jospeh Badio, que deu a ordem aos ex-militares colombianos para assassinar o presidente Jovenel Moïse, de acordo com diretor da polícia colombiana, Jorge Luis Vargas. “Em uma reunião com Badio e outra pessoa chamada Askard, os ex-militares colombianos Duberney Capador (morto) e Germán Rivera foram informados de que supostamente iriam prender o presidente”, disse ele. Enquanto os detalhes do crime aparecem a conta-gotas, as autoridades consulares colombianas esperam viajar para a ilha para conhecer a situação judicial dos ex-militares envolvidos e repatriar os corpos dos três abatidos. Fonte: El País

O novo avanço da esquerda na ...

Um após o outro, diferentes países latino-americanos elegeram governos de esquerda e uma nova onda política parece es...

14/07/2022 - destaque

Turquia liberta navio russo co...

A queixa de Kiev obrigou as autoridades turcas a reter um navio de Berdyansk, em território ucraniano ocupado pela Rús...

07/07/2022 - destaque

Diplomatas russos e americanos...

Embaixador dos EUA afirmou que guerra na Ucrânia é a "maior ameaça à ordem mundial". A guerra na Ucrânia é a “m...

04/07/2022 - destaque

Exclusivo: As chances de um ac...

As chances de reviver o acordo nuclear de 2015 com o Irã são piores após conversas indiretas entre EUA e Irã em Doh...

30/06/2022 - destaque

O G-7 explora limitar o preço...

Os Estados Unidos anunciam o envio de defesa antiaérea de longo alcance para Kyiv. A inquietante evolução da guerra ...

27/06/2022 - destaque

Israel convoca sessão para di...

Uma votação será realizada no parlamento na próxima semana, após a qual Yair Lapid assumirá o cargo de primeiro-mi...

20/06/2022 - destaque

Coreia do Norte relata primeir...

Pelo menos uma pessoa confirmada com COVID-19 morreu na Coreia do Norte e centenas de milhares apresentaram sintomas de...

12/05/2022 - destaque

A OTAN promete à Finlândia u...

O secretário-geral da Aliança Atlântica mostra seu entusiasmo pelo iminente pedido de adesão do país nórdico. A N...

12/05/2022 - destaque

Saratoga Hotel de Cuba: Bombei...

Os bombeiros estão vasculhando os escombros do Saratoga Hotel, na capital cubana, Havana, depois que uma enorme explos...

09/05/2022 - destaque

Macron propõe uma confederaç...

A nova Comunidade Política Europeia articularia a cooperação em segurança e energia. Chanceler Scholz chama a ideia ...

09/05/2022 - destaque

Ministro do Petróleo iraniano...

Líder venezuelano diz que conversas visam aprofundar "laços de fraternidade e cooperação em questões energéticas"...

05/05/2022 - destaque

Rússia intensifica ataques à...

Kiev denuncia que Moscou tenta eliminar os soldados "com o apoio de aviões" e violou um cessar-fogo para a evacuação ...

05/05/2022 - destaque

Rússia ataca siderúrgica de ...

Os ataques foram retomados nas siderúrgicas de Mariupol, apesar de centenas de civis permanecerem presos no interior, d...

02/05/2022 - destaque

Raúl Castro reaparece em um e...

A última aparição pública do ex-presidente de Cuba foi após os protestos de 11 de julho, em um "ato de reafirmaçã...

02/05/2022 - destaque

Secretário-geral da ONU está...

António Guterres deve ter reuniões com presidentes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Volodymyr Zelensky. O secretá...

25/04/2022 - destaque

Os Estados Unidos recuperam su...

Secretários de Estado e Defesa dos EUA encontram Zelensky em uma viagem rápida a Kiev. Washington garante que "apoiar...

25/04/2022 - destaque

Análise: Castillo do Peru end...

O presidente esquerdista do Peru, Pedro Castillo, sinalizou uma postura mais dura nos protestos contra as mineradoras qu...

21/04/2022 - destaque

Rússia proíbe entrada de vic...

Medida se estende para outros norte-americanos, como o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, a vice-secretária de Defe...

21/04/2022 - destaque

Kremlin: adesão de Finlândia...

"Aliança continua sendo uma ferramenta voltada para o confronto e sua expansão não trará estabilidade ao continente ...

18/04/2022 - destaque

Os truques de Kiev e Moscou pa...

Dois vídeos mostram detidos de ambos os lados pedindo aos governos que concordem com uma troca. Nas mãos de um lado da...

18/04/2022 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com