Folha Oeste
testTerremoto no Haiti: "Estamos abandonados, e o povo está desesperado por comida, por alguma ajuda"




Terremoto no Haiti: "Estamos abandonados, e o povo está desesperado por comida, por alguma ajuda"

19/08/2021
Compartilhar

O Haiti vive dias desoladores. Depois que um terremoto atingiu a ilha caribenha no último sábado (14/08) — deixando pelo menos 2,1 mil mortos —, outro desastre natural fustigou mais uma vez seus habitantes: a tempestade tropical Grace. Chuvas intensas e ventos fortes têm dificultado o complexo trabalho de resgate entre os escombros deixados pelo tremor de magnitude 7,2. E as mais de 30 mil pessoas que ficaram desalojadas têm sobrevivido vagando pelas ruas, em busca de comida e refúgio, dormindo sobre plástico em abrigos improvisados. Consuelo Alzamora mora há 10 anos na cidade de Les Cayes, a terceira maior do Haiti e a mais afetada pelo terremoto de 14 de agosto. A terapeuta ocupacional chilena tem um centro de reabilitação física que precisou adaptar para atender as centenas de feridos que surgiram nos últimos dias. Em conversa com a BBC News Mundo, serviço de notícias em espanhol da BBC, ela detalhou a situação crítica em que os haitianos vivem e o desespero que aos poucos toma conta das vítimas. A seguir, o relato dela em primeira pessoa. Quando o terremoto começou, eu estava com meu filho de 2 anos na minha casa, que fica no segundo andar, em cima da nossa clínica de reabilitação. Não conseguimos descer nem fazer nada. Caímos no chão, era impossível ficar de pé. Quando a movimentação parou, me vesti rapidamente e corremos para o pátio. A primeira coisa que fiz foi verificar se meus vizinhos e as famílias próximas estavam bem. Não sabíamos o que fazer porque começaram réplicas (tremores secundários) muito fortes . E como minha casa fica a duas quadras do mar, decidimos pegar um carro e ir para a montanha. Tínhamos medo de que pudesse acontecer algo mais forte, como um tsunami. Aos poucos, ficamos sabendo do grande número de mortos e vítimas. Então decidimos ajudar. No centro de reabilitação, tínhamos materiais ortopédicos, como botas, colares cervicais, tipoias, e começamos doando para os diversos hospitais. Dez voluntários se juntaram a nós. Mas quando íamos começar a trabalhar, veio a tempestade. E tudo ficou ainda pior. Tem sido terrível, tem chovido sem parar, com muito vento, está tudo alagado. As pessoas andam molhadas e não podem dormir em suas casas, por isso ficam na rua, em barracas ou simplesmente em cima de plásticos. Ninguém dorme. Fonte: BBC

Chefe do Estado Islâmico no G...

Adnan Abou Walid al Sahraoui foi responsável por ataques mortais contra civis e forças de segurança no Níger, Mali e...

16/09/2021 - destaque

China acusa EUA, Reino Unido e...

Pequim adverte que o acordo, que visa a conter o crescente poderio militar chinês na região do Indo-Pacífico, prejudi...

16/09/2021 - destaque

Defensores ambientais mortos e...

Três quartos dos assassinatos de 2020 ocorreram na América Latina, diz o relatório da Global Witness, com a Colômbia...

13/09/2021 - destaque

Colômbia volta ser o país ma...

Sessenta e cinco dos 227 assassinatos de ambientalistas registrados em todo o mundo em 2020 ocorreram no país andino, d...

13/09/2021 - destaque

Cúpula do BRICS: Afeganistão...

pandemia COVID-19, a segurança e o Afeganistão provavelmente dominarão as conversas na cúpula virtual do BRICS dest...

09/09/2021 - destaque

Aeroporto de Cabul tem primeir...

Voo com cerca de 200 estrangeiros partiu do aeroporto Hamid Karzai, em Cabul, nesta quinta-feira (9); decolagem foi poss...

09/09/2021 - destaque

Seis palestinos escapam da pri...

A polícia israelense lança uma busca depois que seis palestinos conseguiram escapar da prisão de Gilboa durante a noi...

06/09/2021 - destaque

Talibã proclama vitória em P...

É a primeira vez que o vale sucumbe ao controle de uma milícia alheia à região. Os talibãs anunciaram nesta segund...

06/09/2021 - destaque

Oposição venezuelana anuncia...

Os partidos que se opõem a Nicolás Maduro abandonam o boicote eleitoral e reavivam a plataforma que, em 2015, obteve a...

02/09/2021 - destaque

OPEP + deve manter alta de pro...

Os mercados de petróleo vacilaram no início deste mês, com o ressurgimento da pandemia ameaçando a demanda na China ...

30/08/2021 - destaque

Estados Unidos anunciam fim da...

De acordo com o Pentágono, mais de 123 mil pessoas foram resgatadas durante o processo. Os Estados Unidos anunciaram, n...

30/08/2021 - destaque

Crise no Afeganistão: o que ...

O Isis-K, sigla em inglês para Estado Islâmico da Província de Khorasan, é um braço regional do Estado Islâmico (c...

26/08/2021 - destaque

Dezenas de civis, pelo menos 1...

26 de agosto (Reuters) - O Estado Islâmico atingiu os portões lotados do aeroporto de Cabul em um ataque suicida na qu...

26/08/2021 - destaque

Riqueza mineral do Afeganistã...

Ao tomar o poder político no Afeganistão após a partida dos EUA, o grupo radical islâmico Talebã passou a deter tam...

23/08/2021 - destaque

Talibã não estenderá prazo ...

Segundo fontes ouvidas pela agência Reuters, no entanto, nenhum governo ou autoridade ocidental abordou o grupo islâmi...

23/08/2021 - destaque

Terremoto no Haiti: "Estamos a...

O Haiti vive dias desoladores. Depois que um terremoto atingiu a ilha caribenha no último sábado (14/08) — deixando ...

19/08/2021 - destaque

Milhares de afegãos protestam...

Sequência das manifestações em diferentes cidades do Afeganistão registra várias mortes, apesar de algumas concess...

19/08/2021 - destaque

Julho foi o mês mais quente j...

O alerta da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional ocorre no momento em que a ONU soa o alarme sobre a mudan...

16/08/2021 - destaque

Milhares de afegãos tentam fu...

Desespero com a volta dos talibãs ao poder causa tumulto em aeroporto. Pelo menos cinco pessoas morreram tentando pegar...

16/08/2021 - destaque

Talibã pode tomar capital do ...

Cabul pode ser isolada em 30 dias e dominada em 90 dias, segundo um oficial de defesa dos Estados Unidos. Os combatente...

12/08/2021 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com