Folha Oeste
testTalibã proclama vitória em Panshir, o último reduto da resistência




Talibã proclama vitória em Panshir, o último reduto da resistência

06/09/2021
Compartilhar

É a primeira vez que o vale sucumbe ao controle de uma milícia alheia à região. Os talibãs anunciaram nesta segunda-feira que assumiram o controle de Panshir, a única das 34 províncias afegãs que o desafiou. Eles também divulgaram nas redes sociais fotos de seus combatentes hasteando a bandeira do Emirado Islâmico na capital da província, Bazarak. Se confirmado, será a primeira vez que ocupam este pedaço do Afeganistão que lhes resistiu na vez anterior em que detiveram o poder (1996-2001) e que também não sucumbiu à conquista soviética. Os resistentes, por sua vez, afirmam continuar lutando em vários pontos da província, o que é difícil de verificar. Depois de vários dias em que porta-vozes não oficiais do Talibã afirmaram ter conquistado a província rebelde, o porta-voz oficial, Zabihullah Mujahid, compareceu diante da imprensa para ratificar a notícia. “O ninho do terrorismo em Panshir já está sob controle”, declarou. “Com esta vitória, nosso país saiu completamente da guerra contínua”, acrescenta. Suas palavras foram reforçadas por imagens de alguns guerrilheiros diante da sede do Governo provincial e outros avançando em direção a dois helicópteros que sua propaganda afirma que pertenciam aos líderes regionais, Ahmad Massud e Amrullah Saleh, cujo paradeiro é desconhecido. Em resposta a perguntas de jornalistas, Mujahid disse que eles haviam fugido para o Tajiquistão. Massud, filho do lendário líder guerrilheiro Ahmad Shah Massud e que encabeça uma força formada por ex-membros do Exército e milicianos, se recusa a conceder a derrota. “Estamos em Panshir e nossa resistência continua”, disse ele em uma mensagem postada no Twitter. Nela, não esclarece seu paradeiro, mas garante que está a salvo. Mujahid atribuiu a intervenção das forças do Talibã ao fracasso de suas tentativas de negociação. “Fizemos todo o possível para evitar o combate (...), mas infelizmente certas pessoas fugiram [para Panshir] e puseram em risco a segurança de seus habitantes”, afirmou. Ele também prometeu que vão restabelecer a eletricidade e o acesso à internet naquela província durante o dia. O porta-voz do Talibã destacou que o Emirado Islâmico, como se denominam, quer “a paz para o país”. “Não vamos permitir que ninguém se associe e aja contra os outros”, acrescentou. A Frente de Resistência Nacional (FNR) negou que o sucesso seja total. “A alegação dos talibãs de que ocupam o vale de Panshir é falsa. As forças da FNR ainda estão presentes em todas as posições estratégicas do vale para continuar lutando”, tuitou. “Garantimos ao povo do Afeganistão que a luta contra o Talibã e seus parceiros continuará até que a justiça e a liberdade prevaleçam”, acrescentou. O grupo acusou o vizinho Paquistão de ajudar militarmente o Talibã para derrotá-los, uma declaração que o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores paquistanês, Asim Iftikhar, negou à agência Efe. O porta-voz do FNR, Fahim Dashty, um conhecido jornalista afegão que se juntou à resistência depois que o Talibã tomou o poder há três semanas, foi morto no conflito na noite anterior. Dashty já havia sido ferido no atentado da Al Qaeda que matou Ahmad Shah Massud em 9 de setembro de 2001, dois dias antes do 11 de Setembro. Panshir foi a única oposição armada significativa que o Talibã encontrou, mas isso não significa que os afegãos aceitaram unanimemente seu assalto ao poder. Apesar dos precedentes de sua ditadura anterior, têm havido algumas manifestações críticas. Primeiro, e sob o pretexto do Dia da Independência, centenas de pessoas saíram às ruas de Cabul e de outras cidades do nordeste do Afeganistão com a bandeira preta, vermelha e verde que representou o país nas últimas duas décadas. Em Cabul, Herat e Nimruz, as mulheres pediram que seus empregos sejam respeitados e que possam participar do Governo. Agora, diante de uma nova concentração para exigir que a bandeira tricolor seja mantida, em vez de substituída pela do Talibã, programada para Jalalabad, o Talibã anunciou a proibição de protestos. “Se alguém sair à rua, enfrentará a ação estrita das forças de segurança e não poderá reclamar”, advertiu o governador da província de Nangarhar, da qual Jalalabad é a capital, segundo a EFE. Durante o período anterior no poder, o Talibã não permitiu o menor sinal de dissidência. Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana. Fonte: El País

Acordo de submarino nuclear di...

Medida enfureceu França, pois o país perdeu um acordo de longa data para fornecer submarinos movidos a diesel para a A...

20/09/2021 - destaque

Alberto Fernández cede à pre...

Presidente argentino entrega a chefia de Gabinete ao indicado da sua vice e consegue uma trégua na crise política que ...

20/09/2021 - destaque

Chefe do Estado Islâmico no G...

Adnan Abou Walid al Sahraoui foi responsável por ataques mortais contra civis e forças de segurança no Níger, Mali e...

16/09/2021 - destaque

China acusa EUA, Reino Unido e...

Pequim adverte que o acordo, que visa a conter o crescente poderio militar chinês na região do Indo-Pacífico, prejudi...

16/09/2021 - destaque

Defensores ambientais mortos e...

Três quartos dos assassinatos de 2020 ocorreram na América Latina, diz o relatório da Global Witness, com a Colômbia...

13/09/2021 - destaque

Colômbia volta ser o país ma...

Sessenta e cinco dos 227 assassinatos de ambientalistas registrados em todo o mundo em 2020 ocorreram no país andino, d...

13/09/2021 - destaque

Cúpula do BRICS: Afeganistão...

pandemia COVID-19, a segurança e o Afeganistão provavelmente dominarão as conversas na cúpula virtual do BRICS dest...

09/09/2021 - destaque

Aeroporto de Cabul tem primeir...

Voo com cerca de 200 estrangeiros partiu do aeroporto Hamid Karzai, em Cabul, nesta quinta-feira (9); decolagem foi poss...

09/09/2021 - destaque

Seis palestinos escapam da pri...

A polícia israelense lança uma busca depois que seis palestinos conseguiram escapar da prisão de Gilboa durante a noi...

06/09/2021 - destaque

Talibã proclama vitória em P...

É a primeira vez que o vale sucumbe ao controle de uma milícia alheia à região. Os talibãs anunciaram nesta segund...

06/09/2021 - destaque

Oposição venezuelana anuncia...

Os partidos que se opõem a Nicolás Maduro abandonam o boicote eleitoral e reavivam a plataforma que, em 2015, obteve a...

02/09/2021 - destaque

OPEP + deve manter alta de pro...

Os mercados de petróleo vacilaram no início deste mês, com o ressurgimento da pandemia ameaçando a demanda na China ...

30/08/2021 - destaque

Estados Unidos anunciam fim da...

De acordo com o Pentágono, mais de 123 mil pessoas foram resgatadas durante o processo. Os Estados Unidos anunciaram, n...

30/08/2021 - destaque

Crise no Afeganistão: o que ...

O Isis-K, sigla em inglês para Estado Islâmico da Província de Khorasan, é um braço regional do Estado Islâmico (c...

26/08/2021 - destaque

Dezenas de civis, pelo menos 1...

26 de agosto (Reuters) - O Estado Islâmico atingiu os portões lotados do aeroporto de Cabul em um ataque suicida na qu...

26/08/2021 - destaque

Riqueza mineral do Afeganistã...

Ao tomar o poder político no Afeganistão após a partida dos EUA, o grupo radical islâmico Talebã passou a deter tam...

23/08/2021 - destaque

Talibã não estenderá prazo ...

Segundo fontes ouvidas pela agência Reuters, no entanto, nenhum governo ou autoridade ocidental abordou o grupo islâmi...

23/08/2021 - destaque

Terremoto no Haiti: "Estamos a...

O Haiti vive dias desoladores. Depois que um terremoto atingiu a ilha caribenha no último sábado (14/08) — deixando ...

19/08/2021 - destaque

Milhares de afegãos protestam...

Sequência das manifestações em diferentes cidades do Afeganistão registra várias mortes, apesar de algumas concess...

19/08/2021 - destaque

Julho foi o mês mais quente j...

O alerta da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional ocorre no momento em que a ONU soa o alarme sobre a mudan...

16/08/2021 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com