Folha Oeste
testEmbaixadora americana na ONU defende investigação transparente da morte de Dom e Bruno




Embaixadora americana na ONU defende investigação transparente da morte de Dom e Bruno

17/06/2022
Compartilhar

À CNN, Linda Thomas Greenfield afirmou que a segurança dos jornalistas e a questão indigenista são prioridades do governo americano e do Conselho de Segurança da ONU. A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Linda Thomas-Greenfield, defendeu à CNN em entrevista exclusiva, uma investigação transparente sobre as mortes do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. Esta é a primeira vez que um representante do governo americano fala sobre o assassinato. “Essa é uma questão que nós priorizamos no nosso governo: a proteção do direito dos jornalistas, para que informem ao mundo, por exemplo, o que está acontecendo com os povos indígenas no Brasil. Sem jornalistas, nós não sabemos o que está acontecendo. Saber do desaparecimento deles e depois das mortes deles foi terrível. Agora, mais importante que tudo neste momento é abrir uma investigação transparente sobre o que aconteceu com eles”, afirmou nesta sexta-feira à CNN. Thomas-Greenfield representa os Estados Unidos no conselho de segurança da ONU e considera que a tensão na Amazônia e a proteção aos jornalistas impactam todo o mundo. “Essa é uma prioridade para o Conselho de Segurança [da ONU] também porque a nossa responsabilidade é lidar com a questão de paz e segurança. Não são apenas problemas relacionados com os governos mas também às pessoas”, disse. Para a embaixadora, o ataque a jornalistas tem se acentuado nos últimos anos. “As pessoas estão lutando para dizer a verdade”, ressaltou. Em meio à guerra da Rússia contra a Ucrânia, o governo americano se posicionou contra a presença das tropas de Vladimir Putin em território ucraniano. À CNN, Thomas-Greenfield saiu em defesa da atuação do Conselho de Segurança da ONU. “A Rússia tem que ser responsável por todos esses crimes que tem cometido, contra a população, contra as mulheres, como estupros contra as mulheres, ferindo questões internacionais de direitos humanos”. Ela explica que o sistema da ONU foi criado em torno do conceito de salvar a próxima geração do “flagelo da guerra”. “Muitas pessoas estão falando que o conselho de segurança tem falhado porque a guerra está durando muito tempo mas, na verdade, nós não falhamos. Nós tivemos sucesso condenando a Rússia que achou que poderia fazer isso sem lidar com as consequências das suas ações”, pontuou. Junteenth Durante o governo Obama, a embaixadora atuou como Secretária de Estado Adjunta para os Assuntos Africanos no Departamento de Estado. Neste mês, os Estados Unidos comemoram a emancipação dos negros. A data, 19 de junho, é chamada de Juneteenth e foi reconhecida como feriado nacional pelo governo Biden. “Nós não podemos comemorar esse evento horrível chamado escravidão, que impactou a vida de milhões de pessoas que foram escravizadas, incluindo o Brasil. É uma oportunidade de olhar para nossa história”. Fonte: CNN

Rússia afirma ter controle to...

Forças russas afirmam ter controle da totalidade da refinaria e de metade da cidade de Lysychansk, enquanto Ucrânia di...

30/06/2022 - europa

Ataque com míssil em shopping...

De acordo com o presidente ucraniano, mais de 1.000 pessoas estavam no local no momento do ataque. Pelo menos 13 pessoa...

27/06/2022 - europa

Não são necessárias mais sa...

A União Europeia deve parar de adicionar sanções à Rússia por sua invasão da Ucrânia e, em vez disso, pressionar ...

23/06/2022 - europa

Ministro russo pede reforço d...

Autoridade responsável pela Defesa da Rússia requisitou, por exemplo, um sistema regional unificado de defesa aérea. ...

23/06/2022 - europa

Embaixadora americana na ONU d...

À CNN, Linda Thomas Greenfield afirmou que a segurança dos jornalistas e a questão indigenista são prioridades do go...

17/06/2022 - europa

Ucrânia ignora ultimato de Si...

A Ucrânia ignorou um ultimato russo para entregar a cidade oriental de Sievierodonetsk nesta quarta-feira, quando os Es...

15/06/2022 - europa

Rússia aumenta o pulso com a ...

Berlim acusa Moscou de inventar desculpas para reduzir entregas para Alemanha e Itália para desestabilizar e aumentar p...

15/06/2022 - europa

Rússia organiza exercícios m...

Organização também enviou tropas para ações no local; atividade russa acontece ao mesmo tempo em que Suécia e a Fi...

09/06/2022 - europa

Ataques aéreos e com mísseis...

Avanço faz parte da tentativa inimiga de derrubar as defesas ucranianas e atingir infraestruturas importantes do país....

06/06/2022 - europa

Conversas sobre Suécia e Finl...

Declaração do presidente da Turquia ocorreu neste domingo (29); país possui o segundo maior exército do grupo e não...

02/06/2022 - europa

Elizabeth II reaparece para co...

O desfile militar Trooping The Color dá início a quatro dias de celebrações em todo o Reino Unido para o Jubileu de ...

02/06/2022 - europa

Rússia corta nesta terça for...

Ministro da Energia da Holanda disse no Twitter que "esta decisão não terá consequências para a entrega física de g...

30/05/2022 - europa

UE proíbe a maior parte do pe...

Líderes da UE concordaram nesta segunda-feira em proibir a maioria das importações de petróleo russo para o bloco d...

30/05/2022 - europa

Turquia interrompe o primeiro ...

Erdogan exige a extradição de militantes curdos que ele considera "terroristas" que vivem nos países escandinavos e t...

19/05/2022 - europa

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com