Folha Oeste




Quem não informa paradeiro de desaparecido à Justiça pode ser considerado cúmplice, diz MPF

30/07/2019

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão do Ministério Público Federal (MPF), afirmou nesta terça-feira (30), por meio de nota, que um chefe de Estado não pode manter sob sigilo informações sobre paradeiro de desaparecido político. Para a procuradoria, quem esconde intencionalmente tais informações pode ser considerada partícipe do delito. A nota foi motivada por declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o paradeiro de Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira – pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, e opositor do regime militar. "A PFDC enfatiza que o crime de desaparecimento forçado é permanente, ou seja, sua consumação persiste enquanto não se estabelece o paradeiro da vítima. Dessa forma, qualquer pessoa que tenha conhecimento de seu destino e intencionalmente não o revela à Justiça pode ser considerada partícipe do delito", diz a nota. Nesta segunda-feira (30), Bolsonaro disse que "um dia" contará ao presidente da OAB como seu pai desapareceu na ditadura militar, caso a informação interesse ao filho (vídeo acima). "Um dia se o presidente da OAB [Felipe Santa Cruz] quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto para ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Eu conto para ele", disse Bolsonaro. Mais tarde, em transmissão em rede social, o presidente da República disse que Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira foi morto pelo "grupo terrorista" Ação Popular do Rio de Janeiro, e não pelos militares. A Comissão da Verdade diz que Santa Cruz foi morto por agentes da ditadura. Para a procuradoria, a declaração de Bolsonaro "reveste-se de enorme gravidade, não só pelo atrito com o decoro ético e moral esperado de todos os cidadãos e das autoridades públicas, mas também por suas implicações jurídicas". Ainda conforme a PFDC "o desaparecimento forçado por agentes do Estado ou por pessoas ou grupos de pessoas agindo com a autorização, apoio ou aquiescência do Estado, é uma grave violação aos direitos humanos, conforme estabelecem duas convenções internacionais promulgadas e ratificadas pelo Brasil". O presidente OAB, Felipe Santa Cruz, disse nesta segunda-feira (29) que vai acionar o Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir que o presidente conte o que ele sabe sobre a morte de seu pai, Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira (veja no vídeo abaixo). "Nós temos todo respeito pela figura do presidente da República. Mas o presidente Jair Bolsonaro não agiu hoje como tal. Hoje ele agiu como amigo do porão da ditadura, agiu olhando o passado e dividindo a sociedade brasileira", disse o presidente da OAB nesta segunda. Felipe Santa Cruz também afirmou, por meio de carta, que o presidente da república é "cruel" e não sabe separar o público do privado.

Brasil eleva alerta de coronav...

Os principais jornais do país destacam que o ministério da Saúde investiga duas novas suspeitas de coronavírus no pa...

30/01/2020 - destaque

O que se sabe sobre o coronav...

Metrópole de Wuhan, de 11 milhões de habitantes, é considerada o epicentro do surto, que alarma autoridades desde a c...

24/01/2020 - destaque

Trump deve sofrer impeachment ...

Ele é acusado de abuso de poder e obstrução de justiça e impeachment é apoiado por maioria na Câmara. Nos EUA, pre...

16/12/2019 - destaque

Juiz determina saída de Lula ...

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defe...

08/11/2019 - destaque

Consumidor pode ter que pagar ...

Os consumidores brasileiros podem ter que pagar o valor recorde de R$ 20,6 bilhões nas contas de luz em 2020, para banc...

29/10/2019 - destaque

Manifestantes tentam invadir C...

No início da tarde de hoje, manifestantes tentaram invadir o Congresso Nacional chileno, localizado na cidade de Valpar...

25/10/2019 - destaque

Rosa Weber dá segundo voto co...

A ministra Rosa Weber deu nesta quinta-feira (24) o segundo voto contra a prisão após condenação em segunda instânc...

24/10/2019 - destaque

Evo Morales é reeleito presid...

Evo Morales conseguiu a terceira reeleição e irá para seu quarto mandato na Bolívia. O atual presidente obteve 46,8...

22/10/2019 - destaque

Lula é o principal nome da es...

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está inelegível desde janeiro de 2018, quando foi condenado em segunda...

18/10/2019 - destaque

Menina morre enquanto dormia a...

Uma menina de 14 anos morreu enquanto dormia após o celular dela explodir no travesseiro. Segundo a polícia local, Alu...

30/09/2019 - destaque

Bayer abre 222 vagas para Prog...

A multinacional Bayer abriu processo seletivo para o Programa de Estágio 2020 com inscrições previstas até o dia 22 ...

27/09/2019 - destaque

CAIXA REALIZA CRÉDITO EM CONT...

Nesta sexta-feira (27), serão creditados R$ 5,1 bilhões nas contas de 12,3 milhões de trabalhadores A CAIXA reali...

26/09/2019 - destaque

Presidente da CPI das Fake New...

A CPI das Fake News deve entrar em ebulição nas próximas semanas com a provável convocação do vereador Carlos Bols...

17/09/2019 - destaque

Procurador de MG reclama de ga...

Um salário mensal de R$ 24 mil é considerado um “miserê” por um procurador do Ministério Público de Minas Gerai...

10/09/2019 - destaque

Roda Viva entrevista Glenn Gre...

Responsável por levar a público o sistema secreto de vigilância global dos Estados Unidos e a troca de mensagens entr...

02/09/2019 - destaque

Além do 'cocô': o que mais d...

Em sua visita à cidade de Parnaíba (PI), para inaugurar uma escola com seu nome, o presidente Jair Bolsonaro chamou a ...

14/08/2019 - destaque

Associação Brasileira de Imp...

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) realizou, na noite desta terça-feira (30), um ato em solidariedade ao jorna...

31/07/2019 - destaque

Quem não informa paradeiro de...

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), órgão do Ministério Público Federal (MPF), afirmou nesta ter...

30/07/2019 - destaque

Novos diálogos revelam que Mo...

As manifestações do último dia 30 tiveram como principal objetivo a defesa de Sergio Moro. Em Brasília, um enorme bo...

05/07/2019 - destaque

Justiça do RJ autoriza quebra...

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), fi...

14/05/2019 - destaque

>

Av. Cesar Abraão, 157 | Osasco - 3682-5820 | jornalfolhaoeste@gmail.com